Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.30

12/2004

Investindo na sua alimentação

 

Há cinco anos investindo na alimentação

Saber Viver acumula informações

preciosas para tornar a

alimentação uma aliada na

qualidade de vida

 

Elza aprendeu na Saber Viver que os talos das verduras são fonte de vitaminas e sais minerais e podem ser utilizados em sopas e suflês. Carlos faz uma dieta equilibrada para prevenir os efeitos da lipodistrofia em seu corpo. Maria Eugênia coleciona todas as receitas que são divulgadas na revista e as utiliza em seu cardápio diário.

Associar uma boa alimentação com um sistema imunológico mais fortalecido sempre foi o objetivo da Saber Viver. Dar ao leitor a oportunidade de fazer algo para melhorar o seu quadro clínico também faz parte da linha editorial da revista. “Através das dicas de alimentação da Saber Viver, tenho a oportunidade de fazer diretamente algo por mim. Sinto que cuido com mais carinho do meu organismo”, confessa Elza, que acompanha as edições da revista desde o início.

 

Apostando em uma alimentação saudável

A maioria das matérias divulgadas na Saber Viver contou com a coordenação técnica da nutricionista Marlete Pereira do Santos, do Hospital Clementino Fraga Filho (UFRJ), especialista em pacientes soropositivos e uma das conselheiras da revista. “A alimentação deve ser considerada o combustível de nosso organismo. São os alimentos que transportam os nutrientes para o nosso corpo, nos dando vida. Sem excesso, poderemos extrair dos alimentos a dosagem certa de vitaminas e sais minerais que o nosso organismo necessita. Afinal, eles são os responsáveis, entre outras funções, pela formação de células e são a fonte de nossa energia”.

 

A importância da alimentação no tratamento contra a Aids

Para pessoas portadoras do HIV, a nutrição passa a ter uma importância redobrada. Através dos nutrientes, fortalecemos o nosso sistema imunológico e prevenimos problemas futuros, como doenças cardiovasculares e lipodistrofia. Segundo Marlete, quando ingerimos nutrientes adequados, contribuímos para a absorção dos medicamentos e para o combate a alguns efeitos colaterais. “Por exemplo, em diversas edições, foram abordados temas que associavam o combate à lipodistrofia a uma alimentação balanceada. O controle das taxas de açúcar e gordura no sangue também sempre foi destaque nas matérias de alimentação”, lembra. Por outro lado, a nutricionista alerta que, assim como a alimentação pode contribuir para o bem-estar das pessoas, hábitos inadequados, como beber muito refrigerante e ingerir frituras e alimentos com gordura animal, podem causar um verdadeiro estrago ao organismo: “Infelizmente, a população, de uma maneira geral, não tem hábitos alimentares saudáveis. Por isso as informações que divulgamos na Saber Viver têm tanto valor. Elas mostram que há alternativas saudáveis e saborosas aos alimentos gordurosos e açucarados, que, ao invés de fortalecerem o sistema imunológico, podem deprimi-lo”, alerta.

 

RECEITA

Rabanada assada

Ingredientes

6 pães cortados em fatias finas

3 xícaras (chá) de leite desnatado

3 claras de ovos

1 embalagem de coco ralado

3 cravos-da-índia

15 colheres (sobremesa) de açúcar magro ou 15 gramas de adoçante de forno e fogão

Canela a gosto

 

Modo de Preparo:

Unte uma fôrma, acomode as fatias de pão e reserve.

No liquidificador, bata as claras com 2/3 do leite e despeje sobre os pães.

Polvilhe com o coco ralado por cima e leve ao formo pré-aquecido (180ºC) para assar.

Enquanto isso, leve uma panela ao fogo com o restante do leite, os cravos e deixe ferver.

Desligue o fogo e misture o adoçante ou açúcar.

Assim que a rabanada estiver assada, retire-a do forno e umedeça-a com a calda do leite.

Polvilhe com bastante canela.

Compartilhe