Saber Viver Jovem

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver Edições Especiais » Saber Viver Jovem » Saber Viver Jovem n.01

01/2004

O que você sabe sobre a transmissão pelo HIV?

1. Se o garoto ou a garota que você está super a fim não quiser te beijar porque tem medo de ser contaminado, o que você faz?
a) Entende e vai pra casa chorando, achando que nunca vai conseguir beijar ninguém.
b) Se revolta e xinga a figura.
c) Compreende, mas não perde a oportunidade de ficar com quem você tanto queria. Então, tenta explicar que através do beijo não se transmite HIV. A menos que uma das partes, ou as duas, esteja com um grande sangramento na gengiva. Nesse caso, ninguém deve beijar na boca, sendo HIV positivo ou não. Se mesmo assim a pessoa não quiser te beijar, parte pra outra.

2. Se você está na escola ou com um grupo de amigos, cai e se machuca com sangramento, você
corre o risco de contaminar alguém?
a) Lógico. O meu sangue não pode encostar em ninguém.
b) Sei lá! Quando eu vejo sangue, desmaio na hora.
c) Não. Ninguém se contamina encostando a pele íntegra em sangue com HIV. O vírus da aids precisa entrar no
corpo e na corrente sanguínea para contaminar alguém. A pele serve como uma camada protetora do organismo. Mas, para isso, ela precisa estar saudável. Se houver algum corte ou ferida aberta, aí sim, devemos ficar alerta.

3. Uma pessoa pode se contaminar pelo HIV no vaso sanitário?
a) Acho que sim!
b) No vaso você pode pegar qualquer coisa.
c) Que viagem! Claro que não! É mais fácil pegar outras doenças num banheiro sujo do que o vírus da aids. É
só pensar: como o vírus poderia entrar no corpo através do vaso se a pele funciona como uma barreira protetora? Isso é maluquice.
4. Se eu fizer sexo, sem camisinha, e tirar o pênis antes de gozar, eu posso infectar alguém?
a) Acho que ninguém vai querer fazer sexo comigo
b) Eu tenho nojo dessas coisas!
c) Pode rolar. Antes de a gente gozar, sempre sai do pênis um pouco de esperma. Esse esperma também contém o vírus. Pra dar tudo certo, tem que usar preservativo do início ao final da transa.

5. Quando eu vou ao dentista, ele está sempre de luvas e coloca todos os aparelhos para esterilizar.
Será que ele faz isso por minha causa?
a) Lógico!
b) Eu nunca vou ao dentista.
c) Que absurdo! Todos os dentistas precisam usar luvas e esterilizar os seus aparelhos. Isso faz parte das normas de segurança que todos os profissionais de saúde devem ter. Se eu for a um dentista e ele não fizer nada disso, não volto mais lá porque ele não está atendendo direito.

6.Toda a vez que vou à manicure, ela tira um bife da minha unha e sangra. Se ela usar o mesmo alicate
em outra cliente, o vírus pode passar para outra pessoa?
a) Eu acho que sim!
b) Odeio ver sangue.
c) Todas as manicures têm que colocar os alicates na estufa ou lavá-los com água e sabão assim que mudam
de cliente. Isso é o suficiente para afastar o risco do HIV. Alicate de unha, escova de dentes, pinça de
sobrancelha, gilete e batom são coisas pessoais, não dá pra ficar emprestando pros outros.

7. Se sua mãe (ou parente) resolve separar seus copos e talheres com medo de você infectar outras pessoas da casa com o HIV, o que você faz?
a) Fico triste, mas é um direito dela.
b) Quebro todos os pratos e copos da casa.
c) Tento explicar que não tem sentido. Se através da saliva não existe risco de passar HIV, por que fazer isso? Se ela não me ouvir, peço ao meu médico (ou médica) para conversar com ela. Isso só pode ser discriminação e preconceito.

RESPOSTAS

Se você respondeu a letra A em todas ou algumas perguntas: Você está tendo preconceito com você mesmo. Não fique achando que o mundo acabou por causa do HIV. Tem muita gente que está passando pelo mesmo problema e está dando a volta por cima. Peça ajuda pra algum profissional de saúde do lugar onde você faz o tratamento. Tire essas caraminholas da cabeça e curta a vida.

Se você respondeu a letra B em todas ou algumas perguntas: Poxa, você tem que acordar pra vida. Ter revolta é normal. Mas, depois de um tempo, ela pode te afastar das pessoas. Leia a resposta para a letra A que cai como uma luva pra você também. Se informe mais sobre aids e cuide melhor de você.

Se você respondeu a letra C em todas ou algumas perguntas: Você está por dentro de tudo e pode transformar a sua vida, sem deixar ninguém te discriminar. Mas, se precisar, busque ajuda. Comece no local onde você faz o tratamento. Escolha um profissional de saúde que você vá com a cara e abra o jogo. Eles podem ser grandes parceiros até para informar melhor a sua família e seus amigos.

Compartilhe