Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.41

10/2007

Aproveite o melhor do ALIMENTO

Cada alimento é rico em pelo menos uma vitamina ou mineral. Assim, quando uma pessoa tem anemia, logo vem alguém dizendo para ela comer bastante feijão, que é rico em ferro. Mas nem sempre o organismo aproveita o ferro ingerido. O grau do aproveitamento varia conforme a refeição:
“Durante o processo de digestão, um nutriente pode ajudar na absorção de outro, mas também pode atrapalhar”, explica a nutricionista Marlete Pereira, do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (UFRJ).
Assim, a combinação dos alimentos é mais importante do que se imagina. Marlete dá uma dica: “A alimentação deve ser sempre variada, para obtermos diariamente todos os nutrientes de que o organismo necessita”.

O TROCA-TROCA DE NUTRIENTES
O ferro existente na carne, no feijão, na soja, na lentilha e no espinafre é melhor absorvido se combinado com alimentos que contenham vitamina C, como pimentão recheado com carne moída, frango com molho de laranja, peixe ao molho de maracujá, salada de tomate e couve. A sobremesa pode ser uma fruta como goiaba ou abacaxi.
Mas o ferro não é tão bem aproveitado se ingerido junto com chá-mate, chá-preto ou refrigerantes.
O cálcio presente no leite, no iogurte e nos queijos é absorvido com facilidade.
Mas a absorção é prejudicada na presença de espinafre e brócolis.
A gordura contida nas carnes, óleos, e manteiga melhoram a absorção da vitamina A (presente, por exemplo, na cenoura, no espinafre, na batata-doce e na sardinha) e também da vitamina E (presente, por exemplo, na aveia, na soja, no leite e no arroz integral).
Mas o excesso de gordura aumenta os níveis de colesterol no sangue.

Compartilhe