Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Solução » Solução n.17

02/2007

Caras pintadas pelo uso racional dos medicamentos

Estudantes de todo o país promovem movimento
para conscientizar a população


Medicamentos podem ser úteis para a saúde das pessoas. Entretanto, quando são usados de forma inadequada, podem fazer mais mal do que bem. Para alertar a população sobre os efeitos nocivos da automedicação, todos os anos, no dia 5 de maio, estudantes que integram a Executiva Nacional dos Estudantes de Farmácia (Enefar) vão às ruas de todo o país. A campanha 5 de Maio é o ponto alto de uma mobilização permanente. “O uso racional dos medicamentos é uma questão central para o Movimento Estudantil de Farmácia em todas as suas ações”, esclarece Francisco dos Santos Gick, 24
anos, coordenador administrativo da Enefar.
Segundo ele, o contato com a população nas ruas, além de alertá-la para a importância da utilização adequada dos medicamentos, faz com que os estudantes aprendam sobre temas que a universidade não ensina, como a utilização cotidiana dos remédios e das plantas medicinais.

Humanizar a profissão
A intenção da Enefar é ajudar a nova geração de farmacêuticos a se reconhecer e ser reconhecida como profissional de saúde. “Neste sentido, nos últimos tempos, existe um esforço para trazer o profissional de volta à farmácia, o que é extremamente necessário e legítimo. Entretanto, não basta estar na farmácia. É preciso construir um trabalho que realmente contribua para a melhoria das condições de saúde das pessoas. Por isso, é fundamental que o farmacêutico conheça a realidade da população atendida”, explica Francisco, que pretende trabalhar com atenção primária depois de formado: ”para mim, o farmacêutico deve trabalhar todo o tempo pensando na melhoria da qualidade de vida das pessoas”. Um exemplo de compromisso com a sua profissão.

SAIBA +
www.enefar.org.br
Comunique-se com eles: enefar@enefar.org.br

Compartilhe