Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Solução » Solução n.13

06/2006

Conhecer para aderir

Em Contagem (MG), “maratona do conhecimento” faz com que pacientes aprendam,
por meio de jogos, estratégias para aderir ao tratamento

Renata Macedo, de 30 anos, não podia ser mais criativa. Responsável pela Farmácia do Programa DST/ Aids/Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte-MG, ela inventou um jeito especial de incentivar a adesão: uma maratona do conhecimento. Sob o título “Eu conheço meu tratamento”, os seis encontros são abertos a todos os pacientes cadastrados na unidade. A idéia da maratona surgiu de uma preocupação da farmacêutica: ela via que os usuários, muitas vezes, nem sabiam por que precisavam tomar um medicamento e isso interferia na adesão. “Para aderir, ele precisa saber o porquê”, acredita Renata. A maratona, composta de seis encontros, começou no dia 13 de junho.

Neste dia, o Brasil jogava pela primeira vez nesta Copa do Mundo. Renata contratou um pipoqueiro e providenciou um telão para assistir à partida com os pacientes. Ajudada por Fábio Henrique Moreira, farmacêutico da equipe, ela apresentou o projeto da maratona e aplicou uma avaliação com perguntas relacionadas à doença. A mesma avaliação será aplicada no último dia, como forma de observar o aproveitamento dos participantes. Nos próximos encontros, Renata e Fábio vão dar aulas sobre o tratamento. Para completar, haverá jogos valendo pontos. O “grande vencedor” levará uma televisão de 20 polegadas!

Na invenção das brincadeiras, Renata conta com a ajuda da equipe da farmácia. Na “amarelinha”, por exemplo, a pessoa só vai pular de uma casa para outra se souber responder a determinadas perguntas. Em outro jogo, o “sobe e desce”, quem tiver deixado de tomar o remédio desce dez pontos. Além da televisão como primeiro prêmio, Renata pensa em dar um brinde para todos os participantes. “Talvez um relógio para não esquecerem a hora de tomar o remédio”, imagina.

A Farmácia do Programa DST/ Aids/Contagem tem em torno de 400 pacientes em uso de anti-retroviral. Talvez pelo fato de os encontros serem no meio da tarde, inscreveram-se na maratona apenas 49. Porém, já estão nos planos da farmácia novos eventos em horários alternativos. Com várias brincadeiras e jogos, é claro!

SAIBA +
E-mail da farmacêutica Renata Macedo
recmacedo@gmail.com

Compartilhe