Saber Viver Tuberculose

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver Edições Especiais » Saber Viver Tuberculose » Saber Viver Tuberculose n.01

06/2005

Esclarecendo dúvidas

O pneumologista Jorge Eduardo Pio responde às dúvidas mais comuns que surgem durante o tratamento preventivo da tuberculose

Por que eu não posso beber enquanto estiver tomando a isoniazida?

MODERAÇÃO. Uma pessoa que está fazendo tratamento com a isoniazida não deve ingerir bebida alcoólica porque este medicamento é metabolizado no fígado. A bebida alcoólica também sobrecarrega o fígado. Logo, neste caso, a palavra é moderação. Beber socialmente, apenas nos finais de semana, não causa problemas. Qualquer dúvida, pergunte ao seu médico.

Eu preciso ter um cuidado especial com a alimentação enquanto estou tomando a isoniazida?

NÃO. Em relação à isoniazida, não há nenhuma restrição alimentar. Porém, manter hábitos saudáveis é fundamental para qualquer pessoa, principalmente aquela que está com uma infecção (como a do HIV) que ataca o sistema imunológico. Portanto a dica é fazer, pelo menos, 5 refeições diárias: além do café da manhã, almoço e jantar, tome sucos ou coma frutas entre as principais refeições. No almoço e jantar, monte um prato bem colorido e não dispense os legumes, verduras e carnes (de preferência, branca e sem gordura).

Por que eu não posso tomar a BCG e me prevenir de outros casos de tuberculose?

PORQUE ELA NÃO PREVINE NESSE CASO. A vacina BCG protege contra formas de tuberculose disseminada mais comuns na infância e geralmente o seu efeito dura cerca de 10 anos. Ela não previne a tuberculose pulmonar em adultos e pode causar efeitos colaterais graves em pacientes com deficiência imunológica, porque a vacina é feita com bacilos vivos que foram atenuados.

Se eu vomitar logo após tomar a isoniazida, preciso repetir a dose do remédio?

SIM, porque a dose total necessária para que o remédio faça efeito não foi absorvida.

Eu corro o risco de contaminar alguém enquanto eu tenho o bacilo inativo no meu corpo?

NÃO. Exatamente como você disse, este bacilo está inativo. Logo, você não é uma pessoa doente de tuberculose. Portanto, não existe possibilidade alguma de transmissão. Uma pessoa só transmite tuberculose quando está doente e libera bacilos através de tosse, espirro e fala.

Como devo evitar um novo contato com o bacilo da tuberculose depois de concluir o meu tratamento de prevenção?

EVITE LOCAIS FECHADOS. A fonte de infecção da doença é sempre uma pessoa doente de tuberculose, principalmente se tosse, espirra ou fala muito próximo de outra pessoa. Ambientes fechados, sem luz solar e pouco arejados são muito propensos à transmissão do bacilo. Se você está em um ambulatório, aguardando a sua consulta, tente ficar próximo às janelas ou pátios abertos. O bacilo da tuberculose não sobrevive à luz solar. Se alguém da sua família está com tosse há mais de três semanas, leve-a ao posto de saúde mais próximo. Se ela estiver com tuberculose, avise imediatamente ao seu médico.

Compartilhe