Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.49

07/2012

FosAmprenavir

O FosAmprenavir é um inbidor da protease. Quando a enzima protease é inibida, a replicação do HIV é interrompida. Mas este medicamento só funcionará para controlar a infecção se for administrado junto com outros antirretrovirais. Nunca sozinho.

Efeitos

Os efeitos positivos do remédio ocorrem quando o paciente o toma corretamente, diariamente, acompanhado de outros antirretrovirais, de acordo com a prescrição medica, e quando o vírus não tem resistência a este medicamento. A infecção (a carga viral) passa a ser controlada, e há uma recuperação da imunidade, com o aumento de células CD4. Assim, o indivíduo não desenvolve doenças oportunistas e sente-se bem por muitos anos. O lado negativo são seus efeitos colaterais. “Todo remédio tem efeito colateral, que podem variar de pessoa a pessoa. Os efeitos colaterais mais comuns do FosAmprenavir são diarreia, desconforto abdominal, flatulência (gases) e aumento dos lipídios (colesterol e triglicerídeos) no sangue. Mas eles nem sempre aparecem. Tenho alguns pacientes tomando o FosAmprenavir e não sentem nada”, diz o infectologista Gustavo Magalhães.

Ingestão

Deve ser tomado 1 comprimido do FosAmprenavir, rigorosamente, a cada 12 horas, totalizando 2 comprimidos por dia. No caso de pacientes em início de tratamento, o remédio pode ser admi – nistrado uma vez ao dia. O FosAmprenavir precisa ser tomado junto com outro inibidor da protease, o ritonavir, que também deve ser tomado 1 comprimido a cada 12 horas. “Sempre indicamos aos pacientes que tomem esses remédios junto com alimentos, um lanche por exemplo, pois isso favorece a absorção das medicações”, explica Gustavo Magalhães.

Armazenamento

O FosAmprenavir não necessita ser armazenado em geladeira. Ele pode ser guardado em temperatura ambiente, mas não deve ficar guardado em lugares muito quentes.

Relação com outras substâncias

Existem várias possibilidades de interações entre o FosAmprenavir e outros medicamentos. “É importante consultar o especialista antes de iniciar o uso de qualquer outra medicação, incluindo os medicamentos homeopáticos que está tomando”, aconselha Magalhães.

“Uso o fosamprenavir há sete meses. Antes disso, era virgem de terapia antirretroviral. A adesão ao medicamento foi muito boa. Além do fosamprenavir, tomo ritonavir, lamivudina e tenofovir. Tomo todos de uma única vez, uma vez ao dia, o que facilita bastante a adesão. No início do tratamento, tive diarreia durante dois meses, mas este foi o único efeito colateral. Meu médico me encaminhou para a nutricionista e recomendou atividade física”. Rene Júnior, Rio de Janeiro

Compartilhe