Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.50

05/2013

HIV/ Aids 1982 > 2012

1982
A Sigla Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, em inglês) é usada pela primeira vez para definir a doença, até então desconhecida. No Brasil, é confirmado o primeiro caso de aids, em São Paulo

1985
Surge o teste para detectar a presença do HIV, vírus causador da aids, no sangue.

HIV
linha do tempo - silencio= morte

1986
Criação do Programa Nacional de DST e Aids
do Ministério da Saúde.

1987
Início da utilização do AZT, primeiro medicamento que reduz a multiplicação do HIV. A década de 80 é marcada pela construção da ideia de solidariedade, da força do ativismo social e da incorporação do uso da camisinha pela comunidade gay.

laço

1990
É criado o símbolo internacional de conscientização sobre a aids:

o laço vermelho.

1991
Ministério da Saúde dá início à distribuição gratuita de antirretrovirais.

No Brasil, 11.805 casos de Aids são notificados.

1994
Estudos mostram que o uso do AZT ajuda a prevenir a transmissão do HIV de mãe para filho durante a gravidez e o parto.

1996
Finalmente é possível conter o
avanço da aids, com o uso de novo esquema de antirretro-virais, chamado “coquetel”.
No Brasil, lei estabelece sua
distribuição gratuita, exigida por grande mobilização social.

linha do tempo - manifestação

medicamentos

1998
Brasil registra aumento de casos de aids em mulheres e em pessoas carentes. Lei define como obrigatória cobertura de despesas hospitalares de pessoas com aids por seguros de saúde privados.

2000
Em função do uso do “coquetel anti-aids”, o número de mortes de pessoas soropositivas é reduzido em 50% e o número de infecções oportunistas, em 80% – dados do Governo Federal.

grávida

2001
Brasil negocia e consegue reduzir o preço de antirretrovirais produzidos por companhias farmacêuticas.

2003
O Programa Nacional de DST/Aids é considerado referência mundial em prevenção e assistência do HIV/aids.

2006
Brasil reduz em mais de 50% o número de casos de transmissão do HIV da mãe para o filho, durante gestação, parto ou amamentação.

exame

2008
Teste rápido, que permite detectar a presença do HIV em 15 minutos, começa a ser utilizado.

2011
Dez dos 20 antirretrovirais oferecidos pela rede pública já são fabricados no país. No Brasil, 217 mil pessoas fazem tratamento contra aids e 250 mil estão infectadas pelo HIV e ainda não sabem.

cartoes vermelhos 2012
Pesquisadores e representantes de organizações da sociedade civil propõem uma revisão da resposta brasileira à epidemia de aids. O objetivo é superar antigos pressupostos e adotar novas práticas. Ministério da Saúde destaca as ações prioritárias para a década: intensificação das estratégias de diagnóstico, prevenção e assistência para populações em situação de maior vulnerabilidade.

Compartilhe