Conversa Positiva

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver Edições Especiais » Conversa Positiva » Conversa Positiva n.02

09/2002

Lipodistrofia – um problema mais que aparente

Esta edição da Conversa Positiva vai tratar de um problema que atinge cada vez mais pessoas soropositivas. Trata-se da lipodistrofia, uma alteração na distribuição da gordura que se torna visível quando algumas regiões como braços, pernas, nádegas e rosto perdem gordura (emagrecimento) e abdômen, costas e nuca começam a acumular gordura.

A lipodistrofia pode estar associada também a alterações no funcionamento do organismo, como o aumento de colesterol, de triglicérides e resistência à insulina, mas no início não há sintomas decorrentes desses efeitos. A principal queixa surge quando a mudança física começa a ocorrer e compromete a auto-estima. Por causa da aparência, muitas pessoas se isolam com medo de serem discriminadas. Os efeitos psicológicos gerados pela lipodistrofia podem causar um grande impacto negativo na qualidade de vida das pessoas.

A ciência ainda não conseguiu chegar a nenhuma conclusão sobre como esse efeito colateral acontece no organismo. Sabe-se que os exercícios físicos podem ajudar muito a alcançar bons resultados. Nesta edição do Conversa Positiva você vai poder esclarecer dúvidas emergenciais e ficar por dentro de dicas sobre como atenuar o problema. Você conhecerá também algumas iniciativas que surgiram a partir da dedicação de alguns profissionais da área de saúde e da organização da sociedade. Essas iniciativas devem servir de exemplo para que outros locais também se mobilizem.

A Conversa Positiva também traz em destaque depoimentos de soropositivos que estão, de alguma forma, buscando soluções para resolver o problema. Apesar da falta de um tratamento eficaz contra a lipodistrofia, sabemos que o mais importante é que a pessoa afetada busque um caminho para reerguer a sua auto-estima e nós esperamos que esta leitura possa ajudá-lo nisso.

Compartilhe