Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.06

09/2000

Mais uma dose

Beba moderadamente, mas não deixe de tomar seus medicamentos

Muita gente que gosta de beber cerveja, vinho, caipirinha ou qualquer outra bebida alcóolica fica pensando que ao começar a se tratar com os remédios anti-Aids nunca mais vai poder beber e, pior, nunca mais vai se divertir. Se você é uma destas pessoas, precisa saber algumas coisas: Primeiro, que existem programas maravilhosos que podem ser feitos sem que se precise varar a madrugada bebendo. Segundo, que o tratamento contra Aids não impede você de beber álcool, contanto que o excesso seja evitado.

O infectologista Estevão Portela informa que apenas os remédios ddI (Didanosina,Videx) e Crixivam (Indinavir) não podem, de modo algum, ser ingeridos com bebida alcóolica, pois é preciso se preservar o período de jejum que estes dois medicamentos requerem. Quanto aos outros remédios, não há grandes problemas. O álcool não prejudica o efeito deles.

Agora, se você bebe a ponto de esquecer o horário da medicação, aí sim seu tratamento está correndo perigo. O importante é não exagerar, não perder o controle e principalmente não esquecer de tomar os medicamentos. “O mais preocupante é o raciocínio: já que bebi é melhor não tomar o remédio. Isto é errado. Independente do que se faça , o remédio é inegociável, tem que ser tomado”, alerta Estevão Portela. Se por um grave descuido você perder uma dose da medicação, tome a dose seguinte no horário certo e comunique ao seu médico o que está acontecendo. Para completar, o infectologista aconselha aos que sofrem com problemas gastro-intestinais, provocados muitas vezes pelos medicamentos, a evitarem a bebida alcóolica, pois o álcool pode piorar este quadro.

Neste número, João vai tomar uma nova combinação de medicamentos
ESTAVUDINA, LAMIVUDINA e VIRACEPT

ESTAVUDINA (Zeritavir, d4T) – 1 cápsula de 12 em 12 horas
LAMIVUDINA (Epivir, 3TC) – 1 comprimido de 12 em 12 horas
VIRACEPT (Nelfinavir) – 5 comprimidos de 12 em 12 horas, junto com alimentos

Atenção: Nesta combinação recomenda-se tomar 5 comprimidos de VIRACEPT de 12 em 12 horas. Desse modo, os três medicamentos podem ser tomados no mesmo horário, duas vezes ao dia. No entanto, muitas pessoas tomam 3 comprimidos de VIRACEPT de 8 em 8 horas.

8h da manhã
Antes de sair de casa, logo após comer, João toma todos
os remédios da manhã: 1 cápsula de ESTAVUDINA, 1 comprimido de LAMIVUDINA e 5 comprimidos de VIRACEPT. Agora, ele só vai ter que pensar em remédios de novo daqui a 12 horas, às 8hs da noite.

8h da noite

João está num bar com amigos, mas ele não se esqueceu de levar sua caixinha com os medicamentos de que vai precisar: 1 cápsula de ESTAVUDINA, 1 comprimido de LAMIVUDINA e 5 comprimidos de VIRACEPT. Ele está bebendo um chope  e sabe que não deve exagerar na bebida.

Ele sabe também que ao tomar o VIRACEPT, tem que comer algo. Se alguém perguntar o por quê de tantos medicamentos e você não estiver a fim de falar de Aids nesse momento, diga que são vitaminas. Muitas pessoas tomam várias vitaminas por dia para se sentirem melhores, sabia?

Compartilhe