Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.29

08/2004

Novos rumos na vida

“Vou contar um pouco da minha vida.

Conheci um rapaz que nasceu em Candeias (MG), a mesma cidade onde eu vivia, através da Saber Viver em 2001. Mas não foi possível um envolvimento emocional e nem mesmo amizade, por causa da distância. Ele morava a 12 horas de distância da minha cidade.

Depois desta experiência, encontrei uma pessoa no hospital onde faço acompanhamento em Belo Horizonte (MG). Ele também é soropositivo e começamos a namorar em fevereiro deste ano. Em abril, me mudei para a cidade dele em Minas Gerais. Estamos vivendo um maravilhoso relacionamento. Sou viúva. Ele está separado há três anos e tem duas filhas. Estamos muito bem de saúde: CD4 acima de 400 e carga viral, indetectável. Usamos corretamente os medicamentos e os preservativos nas relações.

Resolvemos escrever para a Saber Viver porque é através dela que nos orientamos sobre HIV/Aids. Lendo a revista, percebi que algumas pessoas, quando se descobrem soropositivas, encolhem-se e sufocam seus sentimentos e emoções, deixando que o auto-preconceito as enclausure. Gostaria de dizer a essas pessoas que elas devem encarar o espelho deixando aflorar tudo de belo e bom que há dentro delas.

Parabéns à equipe da Saber Viver e obrigada pelo que vocês têm proporcionado aos soropositivos. Sinceramente a reportagem “Fé e Tratamento: a melhor combinação” (edição 24) merece nota mil, afinal sou adepta convicta da fé e tenho a certeza que os medicamentos são instrumentos de Deus.

A todos, felicidade e perseverança sempre, com muito amor, paz, prosperidade e positividade.

C. A. Sousa – Candeias (MG)

Compartilhe