Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.02

01/2000

Que calor!

Fique de olho na sua alimentação durante o verão

verão deste ano promete temperaturas altas. E com elas, muito suor. Portanto, fique de olho na hidratação. A nutricionista Andréa Caputi afirma que o ideal, antes de tudo, é beber muito líquido. De preferência, no mínimo, 10 copos por dia. Os pacientes soropositivos não podem bobear. Ela lembra que existem medicamentos que formam cálculo renal se não forem ingeridos com bastante líquido. “É fácil verificarmos se estamos hidratados: dê uma olhada na sua urina. Se ela estiver com uma coloração clara, tudo bem. Agora, se você perceber um amarelo forte, é sinal que o seu organismo precisa de mais água. Outra dica, quando sentimos nossa boca ressecada, é porque já estamos desidratados. Beba água antes de sentir sede”.

Sucos são ótimos 
Para enfrentar o verão vale qualquer suco, refresco ou vitamina. Apenas as pessoas que têm problemas de gastrite ou úlcera devem tomar cuidado com as frutas cítricas: limão, laranja seleta ou laranja pêra, maracujá e o abacaxi. Prefira melão, laranja lima, melancia, goiaba, pêra e maçã. A água de coco é uma ótima fonte de hidratação porque é rica em potássio. Café, mate e refrigerantes devem ser evitados, porque aumentam a irritação no estômago.

Comendo melhor no verão 
Quem trabalha e precisa se alimentar na rua, deve evitar no verão aquelas saladas que contêm maionese, iogurte, creme de leite ou ovos. Esses alimentos se estragam mais rapidamente num dia quente. Andréa Caputi diz, inclusive, que mesmo sem estarem com aspecto de estragados, esses alimentos podem estar contaminados por bactérias. Portanto, fuja deste risco que pode lhe causar diarréia e infecções intestinais. Prefira saladas com alimentos cozidos e temperos mais simples possíveis ( pouco azeite, vinagre e sal). Evite as saladas com alimentos crus.

Alimentos gordurosos também não combinam com o verão. A digestão é mais lenta e você provavelmente ficará com aquela sensação de cansaço durante todo o dia. Evite rabadas, buchadas e dobradinhas. Arroz, feijão e carne podem ser mantidos. Mas não se esqueça de complementar o seu prato com bastante salada de legumes.

Ceia de final de ano
Na ceia de final de ano, prefira o perú, o bacalhau e as frutas. Abuse das frutas. Aquela rabanada maravilhosa pode ser consumida. Evite o presunto tender, as nozes e as castanhas. Beba com moderação e curta bastante a virada do ano.

SALADA BOM ASTRAL
(Para a entrada do novo ano)

Ingredientes: 
4 buquês de brócolis cozidos; 1 xícara de chá de vagem cozida em palitos; 1 xícara de chá de cenoura cozida em palitos; 1/2 maço de couve-flor cozida; 1/2 xícara de chá de milho em conserva; 2 filés de frango grelhados e desfiados.

Molho:
Bata no liqüidificador 1/2 xícara de leite desnatado, 1/2 xícara de queijo minas picado, 2 colheres de sopa de shoyu (molho de soja) ou azeite, 1 colher de sopa de cebolinha picada e sal a gosto.
Misture-o na salada e sirva-se.

Compartilhe