Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.44

08/2009

raltegravir + darunavir + ritonavir + lamivudina + tenofovir

RESPEITAR A DOSAGEM E O HORÁRIO DESSA COMBINAÇÃO É FUNDAMENTAL PARA O TRATAMENTO.

O raltegravir é o mais novo medicamento incluído pelo Ministério da Saúde na lista de antirretrovirais distribuídos gratuitamente e é recomendado apenas àqueles pacientes que já apresentaram múltiplas falhas em combinações anteriores. Quem está usando o raltegravir precisou fazer o teste de genotipagem* e possui poucos medicamentos ainda com atividade contra o HIV. Por isso, a tomada correta e em horas certas desta combinação deve ser trata da pelo paciente como prioridade, uma vez que, se houver nova falha, o paciente não terá muitas opções de tra ta mento, até a chegada de novos antirretrovirais.
“O raltegravir deve ser tomado 1 comprimido de 12/12 h em horários bem certos. Não pode ser de manhã e à noite na hora que quiser. Tem que ser de 12 em 12 horas! O paciente que não seguir à risca essa recomendação pode acabar sem opções de tratamento no futuro”, alerta o infectologista Gustavo Magalhães.

Controlando a infecção
O raltegravir é um inibidor de integrase, uma nova classe de antirretrovirais. A recomendação atual é que faça parte de uma combinação com um inibidor de protease, reforçado pelo ritonavir (aquele da geladeira). “O raltegravir, com outros medicamentos, consegue reduzir a carga viral, e aumentar o CD4, controlando a infecção novamente”, afirma Gustavo.
Além de ser bastante potente contra o HIV, o raltegravir não apresenta efeitos colaterais significativos e em estudos recentes tem se reve lado benéfico também na redução dos níveis de colesterol dos pacientes.

Tomar após refeição
Ao todo você tomará 11 comprimidos: sete pela manhã e quatro à noite. “É uma combinação um pouco complexa pela quantidade de comprimidos, por isso, o paciente pode fazer uma tabela listando a hora e os medicamentos a serem tomados, para não se confundir. Lembre-se que esta combinação é para pessoas que não têm muitas outras opções de tratamento, o que faz com que a adesão correta seja fundamental para o sucesso da terapia”, afirma Gustavo.
Como o darunavir/ritonavir deve ser tomado após as refeições, sugerimos que as pessoas nesta combinação tomem todos os comprimidos da primeira tomada após o café da manhã e os da segunda tomada após o jantar, nunca ultrapassando o intervalo de horas entre as duas tomadas.
Recomenda-se também que o paciente faça exames regulares para observar as funções renais (rins) e hepáticas (fígado), uma vez que os medicamentos podem alterar o funcionamento desses órgãos.

* GENOTIPAGEM
O exame de genotipagem verifica a resistência do HIV aos antirretro virais em uso ou já usados anterior mente, auxiliando o médico na escolha dos medicamentos mais eficazes para o paciente.

8 horas da manhã
Após tomar o café da manhã, Silvio toma 1 comprimido de raltegravir, 2 comprimidos de darunavir, 1comprimido de ritonavir, 2 comprimidos de lamivudina e 1 comprimido de tenofovir.

8 horas da noite
Depois do jantar, já em casa, Silvio toma 1 comprimido de raltegravir, 2 comprimidos de darunavir e 1 comprimido de ritonavir.

Compartilhe