Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Solução » Solução n.04

12/2004

Saiba mais sobre os anti-retrovirais

A partir desta edição, você encontrará, neste espaço, informações relevantes sobre os medicamentos anti-retrovirais. O melhor horário para a sua administração, os efeitos adversos mais comuns, as interações que devem ser evitadas e suas possíveis combinações com outros anti-retrovirais. Para inaugurar a coluna, apresentamos a combinação de zidovudina + lamivudi-na (duas substâncias em um só medica-mento). Esse anti-retroviral faz parte de muitos esquemas terapêuticos utilizados para o tratamento da infecção pelo HIV.

ZIDOVUDINA (300mg) + LAMIVUDINA (150mg)
Co-formulação de dois análogos de nucleosídeos

Como tomar:
Um comprimido de 12 em 12 horas, com ou sem alimentos.

Possíveis efeitos adversos
Em médio ou longo prazo, a zidovudina pode causar anemia. Por esse motivo, é recomendável que o paciente faça hemogramas periódicos.

Interações
Não há conhecimento de interação perigosa com a zidovudina + lamivudina zidovudina + lamivudina zidovudina + lamivudina zidovudina + lamivudina zidovudina + lamivudina

Principais esquemas terapêuticos que incluem esse medicamento
Zidovudina + lamivudina com Inibidores de Protease (lopinavir/r; atazanavir; nelfinavir; saquinavir + ritonavir; amprenavir + ritonavir e indinavir + ritonavir)
Zidovudina + lamivudina com não análogo de nucleosídeos (efavirenz ou nevarapina)
Zidovudina + lamivudina com abacavir (esquema com três análogos de nucleosídeos)

Compartilhe