Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Solução » Solução n.06

04/2005

Saiba mais sobre os anti-retrovirais

STOCRIN (EFAVIRENZ)

Inibidor de transcriptase reversa
não-análogo de nucleosídeo

Apresentação: cápsulas de 600mg

Conservação:
 Temperatura ambiente, entre 15 a 30C. Proteger de luz e umidade.

Como tomar: Um comprimido ao dia, de preferência à noite, antes de dormir. Pode ser administrado com ou sem alimentos. Evitar alimentos muito gordurosos. Quando tomado em jejum, os efeitos colaterais provocados pelo efavirenz podem ser potencializados.

Principais esquemas terapêuticos:
efavirenz + zidovudina + lamivudina
efavirenz + lamivudina + tenofovir

Possíveis efeitos adversos

Sintomas neuropsiquiátricos:
 distúrbios do sono, pesadelos, tonturas, irritabilidade, agitação, depressão, dificuldade de concentração, sensação de estranhamento, amnésia e alucinações. Nesses casos, evitar o uso de álcool e outras drogas psicoativas, pois podem potencializar esses efeitos.
Dislipidemia (alteração nos níveis de colesterol e triglicérides), hiperglicemia (niveis altos de glicose), alterações no fígado e alergia cutânea também podem ocorrer.

Interações com outras substâncias:
 O efavirenz não deve ser administrado com: astemizol, terfenadina, midazolam, triazolam, cisaprida, derivados do ergot e claritromicina.
Evitar o uso concomitante de erva de São João, cápsulas de alho, echinacea, ginseng e ginko-biloba, pois diminuem a concentração do efavirenz no sangue.

Compartilhe