Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.17

08/2002

Soja & tomate

Saiba por que esses poderosos alimentos devem fazer parte da dieta de todos os soropositivos

Continuando a nossa série de alimentos funcionais (aqueles que, além de nutrir, são benéficos para o nosso organismo), nesta edição da Saber Viver, a nutricionista Marlete Pereira, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), descreve os benefícios e a melhor forma de consumir a soja e o tomate. A nutricionista conta que, segundo pesquisas científicas, esses alimentos são tão funcionais que podem, inclusive, prevenir o aparecimento de alguns tipos de câncer. Confira abaixo.

SOJA (Grão leguminoso)
Hoje, a soja é considerada o mais poderoso de todos alimentos. Existem vários estudos científicos comprovando a sua eficiência. Ela é capaz de prevenir as pessoas de diversos tipos de câncer, como o de mama, o de próstata e o de colon do intestino. Além disso, a soja é perfeita para evitar problemas cardiovasculares, osteoporose e ainda minimiza sintomas da menopausa. “A soja ajuda a prevenir doenças ligadas ao coração porque tem o poder de diminuir o colesterol ruim (o LDL) e aumentar o colesterol bom (o HDL). Ela evita também o entupimento das veias de nosso corpo. Além disso, cientistas acreditam que a soja afasta o risco de acidentes vasculares cerebrais provocados pelas dislipidemias (aumento de colesterol e triglicerídeo, comum entre pessoas soropositivas)”.

A nutricionista aconselha que a soja seja introduzida nas refeições diariamente. O ideal é ingeri-la da maneira mais natural possível, sem que ela tenha passado por qualquer processo químico: “Ao invés de óleo de soja, por exemplo, prefira consumir carne de soja, soja em grão, leite de soja e sucos à base de soja. Esse alimento deve fazer parte do cardápio diário de qualquer pessoa, principalmente das soropositivas que utilizam os anti-retrovirais e possuem uma tendência genética (casos na família) a doenças cardiovasculares”.

TOMATE (Fruta)
O tomate é uma fruta que possui vitamina C, potássio, fibras, betacaroteno (substância que dá cor avermelhada e alaranjada ao alimento e está relacionada com a vitamina A) e licopeno (substância antioxidante que, além de outras propriedades, evita o envelhecimento precoce causado pela exposição ao sol). A eficiência desse alimento também já é comprovada cientificamente. Assim como a soja, o tomate previne o câncer de próstata e também de ovário. Ele é um antioxidante poderoso e, como possui vitamina C, auxilia o sistema imunológico, o que o torna um ingrediente importante na dieta de pessoas soropositivas.

A única ressalva, segundo a nutricionista, é que por causa da vitamina C e das suas sementes, o tomate é contra-indicado para pessoas que possuem tendência a cálculo renal. “Essas pessoas devem consumir o tomate com moderação. Ou seja, no máximo uma vez ao dia. Para quem não tem esse problema, o tomate pode ser consumido à vontade porque não é rico em gordura nem em caloria”, explica Marlete. Essa fruta pode ser ingerida através de molhos ou em saladas que, se forem preparadas com azeite, aumenta ainda mais a ação do licopeno (uma das substâncias do tomate que evita o envelhecimento precoce da pele). O tomate não perde as suas propriedades depois de aquecido. Então, use a sua imaginação e inclua esse alimento na maioria de suas receitas. Você só tem a ganhar.

Compartilhe