Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.22

06/2003

Suplemento alimentar contra a lipodistrofia

Todo Cuidado é Pouco

Esses produtos só podem ser usados com orientação de um profissional que conheça o assunto.

A procura por suplementos alimentares entre pacientes com lipodistrofia está aumentando cada vez mais. Esses produtos são conhecidos do público em geral por auxiliar na definição dos músculos do corpo. Com isso, muitos soropositivos vêem nesses suplementos uma forma de amenizar os transtornos causados pela lipodistrofia. Em parte, isso pode ser verdade. Porém, existe uma série de tipos de suplementos alimentares que devem ser usados para diferentes casos. Por exemplo, os suplementos energizantes são indicados apenas para quem pratica atividade física muito intensa (como, por exemplo, os atletas). Fora isso, quem os utilizar corre sérios riscos de prejudicar a saúde, porque esses suplementos contêm gordura.

Enfim, escolher um desses produtos não é tarefa para fazer sozinho. É fundamental que um nutricionista ou um médico ajude você a fazer a opção certa.

A nutricionista Marlete Pereira, do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (UFRJ), alerta que o uso desses produtos deve ser muito bem monitorado. “O uso em excesso pode provocar uma reação tóxica a vitaminas (principalmente as A, D, E e K, que são armazenadas no fígado) e minerais, gerando problemas hepáticos. Outros podem sobrecarregar os rins, acarretando problemas renais”. Marlete explica também que, dependendo do caso, uma dieta balanceada pode ser o suficiente para que uma pessoa recupere massa muscular. “Geralmente, os nutricionistas prescrevem esses produtos quando a dieta não atende às necessidades diárias do organismo. Sempre levamos em consideração o histórico do paciente. Cada caso é um caso”. SV

DICAS IMPORTANTES
– Beba suco de frutas ou de vegetal 1 ou 2 horas antes de iniciar uma atividade física.
– Para soropositivos, a atividade física recomendada para ganho de massa muscular é a musculação (pelo menos 3 vezes por semana). Cuidado com o excesso de exercícios. Ele pode baixar a sua imunidade.
– Nas refeições, prefira carne branca (frango ou peixe).                                                                                    – A água de coco é uma bebida isotônica natural (ou seja, uma ótima fonte de hidratação).

Conheça o sumplentos alimentares

Nome
Composição
Para que serve
Suplementos hipercalórico Carboidrato, proteína, gordura, vitaminas e minerais e são ricos em calorias São utilizados por atletas na fase do treinamento intenso
Suplementos
energizantes
carboidrato, vitaminas e minerais. Alguns também possuem gordura. Como o próprio nome diz, eles são mais energia ao corpo, diminuindo a flacidez.
Suplementoss
protéicos
São à base de proteínas e aminoácidos Servem para aumentar a força, aumentar a massa muscular e diminuir a flacidez
Suplementos minerais e vitamínicos São formados por vitaminas e minerais Eles são indicados a pessoas que, através da alimentação diária, não conseguem atingir a quantidade necessária dessas vitaminas e minerais.
Suplemento isotônico São à base de sódio, potássio, cloreto e glicose Servem para hidratar rapidamente uma pessoa que perdeu muito líqudio, o que não é o caso de pessoas que praticam 1 hora de atividade física. Nesse caso, tomar água de coco já resolve.
Suplementos à base de fibras São utilizados principalmente para regularizar o funcionamento do intestino
Suplementos à base de ervas e fitoterápicos São utilizados para prevenção e tratamento de doenças e aumento de performance física e mental.

Receitas:

Suco de abacaxi com hortelã
Ingredientes:
Uma rodela de abacaxi
1 folha de hortelã
Açúcar mascavo ou mel (1 colher de sobremesa – opcional)
Meio copo de água filtrada

Modo de fazer:
Liquidificar tudo e, se quiser, coar ou retirar o excesso de fibra.

Frango ao molho branco
Ingredientes:
1 peito de frango
1 xícara de farinha de trigo
1 colher de sopa de margarina
1 copo e meio de leite
1 cebola pequena
alho, louro e sal a gosto
Batata palha a gosto

Modo de fazer:
1- O frango – Corte o frango em forma de filé, tempere c/ alho, sal e louro. Reserve por 1 hora.
2- Depois retire o louro e passe o frango na farinha de trigo.
3- Coloque em um tabuleiro os filés e ponha em cima deles um pouco de margarina.
4- Leve-os ao forno por 10 minutos, depois vire-os e deixe por mais 10 minutos.
Retire-os e ponha-os em fôrma refratária.
5- O molho branco – Refogue na margarina a cebola picada ou ralada.
6- Coloque 2 colheres de sopa de farinha de trigo e doure um pouco.
7- Aos poucos, coloque o leite quente, mexendo para não embolar (caso embole, bata a mistura no liquidificador).
8- Leve ao fogo até ferver. Se achar necessário, coloque mais leite quente.
9- Cuba os files com este molho e, se preferir, coloque batata palha por cima.
Para acompanhar: Salada de agrião, tomate, cenoura ralada e arroz branco.

Compartilhe