Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.39

03/2007

VOCÊ ENTENDE OS RÓTULOS DOS ALIMENTOS?

Quem se preocupa com uma boa alimentação, sempre fica de olho nos rótulos dos alimentos. São através deles que verificamos a quantidade de gorduras, calorias, proteínas e outros nutrientes que aqueles alimentos possuem. Mas nem sempre as informações disponíveis são fáceis de serem “digeridas”. Para ajudar você a escolher bem os alimentos antes de comprá-los, a Saber Viver, em parceria com a nutricionista Marlete Pereira, do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, no Rio de Janeiro, descreve a quantidade ideal que uma pessoa deve ingerir de cada item do rótulo.
Alguns itens, por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), devem estar disponíveis em todos os rótulos: valor calórico, carboidratos, proteínas, gorduras totais, gordura saturada, fibra alimentar e sódio. Para calcular o valor calórico de um alimento, a Anvisa utilizou como base uma dieta de 2.000 Kcal/dia. Mas a necessidade calórica e de nutrientes varia de pessoa para pessoa, conforme sexo, idade, hábito de exercícios e presença de alguma doença. É bom pesquisar com o seu nutricionista qual é a caloria referência para o seu perfil. As informações nutricionais de cada item do rótulo geralmente são impressas em grama (g), mililitro (ml) e medidas caseiras (copo, colher ou xícara). Sempre perto dessas informações, segue o percentual calórico de uma porção do alimento.

 

 

Compartilhe