Publicações

  • Fonte normal
  • Aumentar fonte
  • Adicionar a favoritos
  • Imprimir
  • Envie para um amigo:





Saber Viver » Saber Viver n.16

06/2002

Zidovudina + didanosina + Efavirenz

Uma combinação fácil de ser seguida, mas que exige alguns cuidados

Apesar de não ser uma combinação difícil de ser seguida, pois todos os medicamentos podem ser ingeridos em apenas duas tomadas por dia, alguns cuidados devem ser tomados.

A Zidovudina pode causar anemia (redução dos glóbulos vermelhos no sangue), cujos sintomas são palidez, cansaço e tonteiras. Esse medicamento também pode provocar, com menor intensidade, diminuição dos glóbulos brancos do sangue. É imprescindível que sejam realizados exames de sangue (hemograma) constantemente para controle.

Os quatro comprimidos de Didanosina devem ser mastigados ou dissolvidos em meio copo de água e precisam ser ingeridos em jejum. Uma hora antes e meia hora depois de tomar esse medicamento não é permitido comer ou beber qualquer outra coisa que não seja água.

Algumas pessoas sentem enjôo e diarréia por causa da Didanosina. Uma alimentação saudável costuma ajudar a controlar esses problemas. No entanto, quem tem dificuldades em se adaptar a esse remédio pode tentar, na farmácia da unidade de saúde onde recebe os medicamentos, trocar a formulação da Didanosina que lhe é entregue. A Didanosina, assim como outros anti-retrovirais, possui diversas formulações disponíveis na rede pública. Todas são feitas a partir da mesma substância – a Didanosina – mas cada formulação recebe uma quantidade de magnésio (substância que estabiliza a Didanosina) diferente. É o magnésio que tende a provocar problemas gastrintestinais.

O Efavirenz pode provocar alguns sintomas que atrapalham o rendimento diário, como mudanças de humor e sonolência. Por isso, recomenda-se tomá-lo em casa, à noite. Os sonhos também costumam sofrer alterações e podem ocorrer pesadelos. Mas tudo isso costuma passar ou melhorar depois de algumas semanas.

Para tentar evitar ou amenizar esses efeitos colaterais, afaste o horário de ingestão do Efavirenz da hora da alimentação.
Veja a seguir como João organiza seu dia para tomar seus medicamentos. Não se esqueça de que são apenas sugestões. Cada pessoa deve, junto com seu médico, escolher os melhores horários para tomar sua medicação, de acordo com sua rotina diária

ZIDOVUDINA
3 cápsulas
de 12 em 12 horas
DIDANOSINA
4 comprimidos por dia. Respeitar o jejum de
1 hora antes e meia hora depois de tomar o medicamento
EFAVIRENZ
3 cápsulas à noite

8h da manhã

Ao acordar, João toma as três cápsulas de Zidovudina, dissolve os quatro comprimidos de Didanosina em meio copo de água e os toma. Agora, João deve esperar passar a meia hora de jejum exigido pela Didanosina para tomar seu café da manhã. Enquanto isso, ele aproveita para tomar banho.


8h da noite

João toma as três cápsulas de Zidovudina e as três cápsulas de Efavirenz. Para evitar os transtornos que o Efavirenz costuma provocar, João deixa para se alimentar mais tarde, às nove horas.

Compartilhe